Me Morte...por Mariângela Padilha

Poemas e Histórias à Flôr da Pele

Textos

Inexplicável que te amo.
.
.
.
Como explicar?
Estava ali,
Teu cheiro, teu jeito,
Inspirando noites imensuráveis
Em que meu corpo asfixiava o seu.
Era um mundinho a parte,
Poesia misturada a sexo,
Formas e sons desconexos,
Epilogando uma história de amor.
Eu era feliz,
Os brados dos ignorantes
Ruminavam altivos lá fora
E mesmo o contorno da aurora
Me cegava os olhos,confusos.
Dou vida, pra te ter,
Dou ar,pra te viver
Teu ser me basta, e como!
Por alguns momentos sou feliz
E o mundo corre lá fora...
.
Inexplicável que te amo...
Mariângela Padilha
Enviado por Mariângela Padilha em 16/03/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Me Morte). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Tweet